quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Lei máxima dos stops

Os stops automáticos, em sua maquiavélica vida, sempre se unem aos grandes tubas para nos sacanearrem... vamos ver como:

Situação 1
Zé Afranio tinha umas merrecas ontem e apostou tudo em GFSA3 e colocou seu stop (eheheh os tubas adoraram ). HJ abriu gapada para baixo e pulou os top do afranio que estava colhendo alface na horta, mas acabou levando nabo mesmo.

Situação 2
Zé Afranio, como dores na região glútea, resolveu ficar esperto e comprar no gráfico diário mas como não queria mais correr riscos aumentou o stop e foi trabalhar na horta. dessa vez os tubas chacoalharam a roseira ( expressão para uma venda grande que vá até onde estão os stops gráficos, derrubando todos eles) e agora zézinho colheu mastruço, também na região glútea.

resumindo
Stop automático pula quando o mercado desaba e te dá violino quando o mercado sobe. Voce, eu e o Zé afranio, sempre perdemos... os tubas com seus computadores automáticos de trade ( que na minha opiniao deviam ser banidos pois desigualam a máxima de que na bolsa, basta ter competencia para ganhar ), sempre ganham.

Por isso que o meu stop é no olho. se ficar feio de verdade, eu saio. se não ficar eu permaneço na roseira.

4 comentários:

Douglas disse...

História muito bem ilustrada!

Divertido, mas real o que escreve. Não é um sentimento nobre ver que seu stop foi pulado.


Abraço!

Mauro Panzera disse...

Assim me ferrei ontem, com RSID3... pulou o stop, botei outro, o porra do papel foi exatamente lá e depois subiu.

Thiago disse...

Pois é, mastruço no nabo dos outros.. é refesco! haha

DMNE disse...

Ricardo, isso acontece muitas vezes mesmo. Por isso que gosto de operar apenas ativos com grande volume de negócios para que a saída com stop automático seja menos dolorida.

Outra coisa que faço é que no cálculo do risco que estou disposto a correr no trade, considero que pode ocorrer o gap, e jogo minha venda bem abaixo para sair rapidinho e não ter o stop pulado. Mas, se der a violinada ou pegar meu stop bem baixo, eu considerei o valor da ordem de venda no cálculo do risco. Se minha aceitação a esse risco for dentro do planejado, não tem problema, entro no trade.