quarta-feira, 7 de abril de 2010

TSE mantém multa aplicada ao presidente Lula por propaganda eleitoral

Por maioria de votos, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou recurso da Advocacia Geral da União (AGU) que pretendia suspender a multa de R$ 5 mil aplicada pelo ministro auxiliar Joelson Dias ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva por propaganda eleitoral antecipada.

Acompanharam o relator, pela manutenção da multa, a ministra Cármen Lúcia e os ministros Aldir Passarinho e Carlos Ayres Britto.
É a segunda multa confirmada pelo pleno do TSE ao presidente da República em menos de um mês.


matéria completa no site do TSE http://agencia.tse.gov.br/sadAdmAgencia/noticiaSearch.do?acao=get&id=1293468

Quero destacar apenas o que disse o excelentissimo Ayres Brito em seu voto, não lembro exatamente as palavras, mas a mensagem é essa ai:

o governante que concentra seus esforços em fazer seu sucessor, desfoca do plano de governo para focar em um plano de poder e o plano de poder é contra a democracia.

entendeu pequeno gafanhoto?!

Um comentário:

Caio Marques Silva disse...

Detalhe: o SindPD tava querendo fazer uma "vaquinha" pra pagar essa multa aí!